CONSIDERAÇÕES SOBRE O TESTE DA DIABETESCONSIDERAÇÕES SOBRE O TESTE DA DIABETES

Teste da fitinha ou HGT (hemoglicoteste) ou Teste da glicemia capilar é utilizado para medir a Glicemia (nível de glicose na sangue) naquele momento, como se fosse uma foto instantânea. Para usarmos o teste como triagem para diabetes, em paciente sem diagnóstico, devemos  considerar:

PACIENTE EM JEJUM -  Para obtermos um resultado confiável, semelhante ao obtido pelo exame com sangue no laboratório, o paciente deve estar em jejum de, pelo menos, 8 horas.Nesse caso, se o nível encontrado for inferior a 100 mg/dL, o paciente não tem diabetes.  Valor superior a 100 mg/dL merece avaliação. 

PACIENTE QUE NÃO ESTÁ EM JEJUM -  

-  Se o paciente ingeriu algum alimento, considerando-se que praticamente todos tem alguma forma de carboidrato que se transformam em glicose no organismo, os valores de glicemia tolerados são mais amplos, aceitando-se 140 mg/dL como nível de corte, acima do qual recomenda-se repetir o exame, ai em jejum, com fitinha ou no laboratório.

Valores de 180mg/dL ou mais são fortemente sugestivos de diabetes.

- Constituem causas de erro o uso de “fitinhas” com validade vencida e aparelhos mal calibrados.

- Outras considerações estão relacionadas à técnica de coleta que exigem atenção de quem está realizando.

Observando-se o exposto acima, o TESTE DA FITINHA é absolutamente válido em nossas ações de conscientização sobre a diabetes

Saudações Leonísticas

Cl Renato Fagondes

 

 

 

 

diabetes 2019 p1

 

diabetes 2019 p2

 

diabete previ1

diabete previ2